quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

UNIGUAÇU tem sua Comissão de Biossegurança


As Faculdades Integradas do Vale do Iguaçu - UNIGUAÇU, entendendo que a biossegurança compreende um conjunto de ações destinadas a prevenir, controlar, mitigar ou eliminar riscos inerentes às atividades que possam interferir ou comprometer a qualidade de vida, a saúde humana e o meio ambiente, criou sua Comissão de Biossegurança. A Biossegurança é um campo complexo, teleológico, transdisciplinar, dinâmico e requer recursos humanos com disposição e experiência para atuar num processo contínuo de ações que sejam capazes de promover transformações nos serviços de saúde, bem como, em instituições de ensino e pesquisa, indústrias, entre outras. Seu objetivo básico é prevenir, dimensionar e mitigar os riscos gerados, em especial, por agentes biológicos, ou mesmo pela incorporação de novas tecnologias e insumos que afetem diretamente os aspectos de saúde.
Na atividade da área da saúde, há exposição a uma multiplicidade de riscos, como os riscos físicos, químicos, biológicos, psicossociais, ergonômicos, mecânicos e de acidentes.

O Glossário em biossegurança da FIOCRUZ traz as seguintes definições de Biossegurança:

1. É a condição de segurança alcançada por um conjunto de ações destinadas a prevenir, controlar, reduzir ou eliminar riscos inerentes às atividades que possam comprometer a saúde humana, animal e vegetal e o meio ambiente.
2. Conjunto de medidas voltadas para prevenção, minimização ou eliminação de riscos inerentes às atividades de pesquisa, produção, ensino, desenvolvimento tecnológico e prestação de serviços, que podem comprometer a saúde do homem, dos animais, do meio ambiente ou a qualidade dos trabalhos desenvolvidos.
3. Normas e mecanismos controladores do impacto de possíveis efeitos negativos de novas espécies ou produtos originados por espécies geneticamente modificadas.
4. A manutenção de condições seguras nas atividades de pesquisa biológica, de modo a impedir danos aos trabalhadores, a organismos externos ao laboratório e ao ambiente.

    quinta-feira, 23 de agosto de 2012

    terça-feira, 17 de julho de 2012

    Já está disponível no site da Anvisa o Relatório sobre Autoavaliação para Higiene das Mãos (HM). O documento apresenta os resultados brasileiros para o instrumento elaborado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O trabalho é inédito e revela dados importantes sobre as rotinas de segurança sanitária realizadas por gestores e profissionais que trabalham em estabelecimentos de saúde de todo o Brasil. Leia mais no site da Anvisa
    Conhecida há milênios e uma das doenças mais temidas pelo homem, a peste ainda oferece perigo: sua incidência vem crescendo em vários países. No Brasil, novos sistemas de vigilância e controle estão em estudo para evitar que a bactéria infecte humanos, como mostra artigo da revista Ciência Hoje.Conhecida há milênios e uma das doenças mais temidas pelo homem, a peste ainda oferece perigo: sua incidência vem crescendo em vários países. No Brasil, novos sistemas de vigilância e controle estão em estudo para evitar que a bactéria infecte humanos, como mostra artigo da revista Ciência Hoje.